Memórias: Serge Gainsbourg faleceu há 25 anos

5 03 2016

tony-frank-----serge-fumant----8-0_0x440

No dia 2 de março de 1991, faleceu Serge Gainsbourg. Foi um músico, cantor, ator, diretor, pintor, artitsa plástico e poeta francês. Foi um talentoso compositor que soube passear por diversos ritmos e estilos: jazz, mambo, rock and roll, reggae, disco, new wave, pop e funk… Por António José André.

Serge Gainsbourg nasceu, no dia 2 de abril de 1928, em Paris. Era filho de judeus russos que tinham emigrado para França, fugindo da revolução de 1917. O pai era pianista e tocava em clubes parisenses.

Serge começou a vida a pintar e a trabalhar como pianista. O seu primeiro álbum “Du chant à la une!” foi editado, em 1958. Mas a sua carreira começou a crescer, quando passou a compor para France Gall (1966).

A sua canção mais conhecida, “Je T’aime, Moi Non Plus” (1969), foi cantada com a atriz britânica Jane Birkin, que já tinha causado escândalo em cenas do filme “Blow-Up”, de Michelangelo Antonioni.

Também foi ator e realizador de cinema. Contudo, a sua maior personagem foi ele mesmo. Viciado em cigarros e álcool, Serge colecionou escândalos e amantes, que serviram de combustível para a carreira.

Serge Gainsbourg morreu há 25 anos. O seu corpo foi enterrado no cemitério de Montparnasse, em Paris. No dia do seu funeral. o então presidente, François Mitterrand, declarou que Gainsbourg fora “o Baudelaire, o Apollinaire… que tinha elevado a música ao nível da arte”.

Discografia

1958 : Du Chant à la Une!
1959 : N°2
1961 : L’Étonnant Serge Gainsbourg
1962 : N°4
1963 : Gainsbourg Confidentiel
1964 : Gainsbourg Percussions
1967 : Anna (trilha sonora)
1968 : Bonnie & Clyde (com Brigitte Bardot)
1968 : Initials B.B. (com Brigitte Bardot)
1968 : Jane Birkin & Serge Gainsbourg
1971 : Histoire de Melody Nelson
1973 : Vu de l’Extérieur
1975 : Rock Around the Bunker
1976 : L’Homme à Tête de Chou
1979 : Aux Armes et Cætera (Versão Reggae da Marseillaise)
1980 : Enregistrement Public au Théâtre le Palace
1981 : Mauvaises Nouvelles des Étoiles
1984 : Love on the Beat
1985 : Serge Gainsbourg Live (Casino de Paris)
1987 : You’re Under Arrest
1988 : Le Zénith de Gainsbourg
1989 : De Gainsbourg à Gainsbarre (coletânea, Coffret 9 CDs)
2001 : Gainsbourg Forever (caixa integral)
2001 : Le Cinéma de Gainsbourg (caixa com 3 CDs)

Filmografia

como diretor
1976 : Je t’aime… moi non plus
1981 : Le Physique et le figuré (court-métrage)
1983 : Équateur
1986 : Charlotte for Ever
1990 : Stan the Flasher


Anúncios