Subcomandante Marcos deixa de existir

26 05 2014

434e9e3e93d6fa4d33c7709961f3214c03368c80

O enigmático líder do Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN), subcomandante Marcos, anunciou que deixava a liderança do movimento, negando que a decisão tenha sido tomada por problemas de saúde.

“A substituição no comando não se dá por doença, ou morte, nem por deslocamento interno, disputa, ou depuração”, garantiu o subcomandante Marcos, cujo verdadeiro nome é Rafael Sebastián Guillén.

A saída deve-se a “mudanças internas que o EZLN tem e teve”, disse o agora ex-dirigente do EZLN, movimento criado, em 1994, no estado de Chiapas (México) com o objetivo de defender os direitos da população indígena. No seu comunicado com mais de dez páginas, escrito com o seu habitual tom irónico, o ex-subcomandante Marcos afirma que, de acordo com a liderança do EZLN, decidiu-se que “Marcos deixa de existir hoje”.

“Por minha voz, o Exército Zapatista de Libertação Nacional não falará mais”, resumiu o ex-líder, ao completarem-se 20 anos do seu surgimento. O movimento obteve reconhecimento de organizações de defesa dos direitos humanos de todo o mundo, denunciando as violações dos direitos dos indígenas.

 

 

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: