China: o regresso das concubinas

26 01 2010

Fotos de Axelle de Russé, fotógrafa francesa de 30 anos. Na China, antes de 1949, ter uma concubina era um símbolo de poder. Depois, essa prática foi proibida, mas, na China actual, algumas das velhas práticas regressaram, ainda que sejam ilegais.

Para as jovens, significa uma vida de reclusão, esperando pelo homem que as mantém num estado de total dependência. Muitas delas chegam das zonas rurais, para escapar da pobreza.

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: